• Home Banner1
Segunda, 05 Novembro 2018
Redes sociais e as relações de trabalho

A 3ª Turma do TST entendeu que a utilização do Whatsapp para a cobrança de metas fora do horário de trabalho extrapolam os limites aceitáveis do poder de cobrança pelo empregador, gerando direito ao recebimento de danos morais. No caso analisado pelo TST (Processo nº TST-RR-10377-55.2017.5.03.0186), sequer havia punição ao empregado que não respondesse a mensagem, mas apenas a prova do envio.

A necessidade de implementação de políticas de uso de redes sociais nas empresas, com estabelecimento de horários, grupos e até mesmo conteúdo está se evidenciando cada vez mais nas ações judiciais.